segunda-feira, 27 de abril de 2015

Tá na moda - Boot Belt ou tornozeleira para botas, a tendência da hora

Oi pessoal!!!
Mais uma tendência criativa para nossas vidas, já tinha visto algumas variedades no ano passado, mas as desse ano estão bem mais chamativas,  incrementadas, além de coloridas, o que deixou o estilo mega maravilhoso, no meu ponto de vista, adoro várias cores no mesmo look.
O mais legal, é que dá pra usar a mesma bota e mudando esse cinto você da outra cara pra ela.
Note nas fotos abaixo que que alguns cintos são especiais, feitos para as botas, já outros são cintos de usar na calça é só dar duas ou três voltas. Aí vai da criatividade mesmo.



Dá pra fazer com pulseiras mais largas, ou com tiras que colem as beiradas com velcro. 


As misturas tendem para o estilo étnico que continua em alta, ou misturas com pedrarias e pingentes que dão um ar super descolado pra bota. Essa da foto acima, parece que colocaram um par de brincos, vale abusar na criação e fazer uma bota com a sua cara.




Olha a ideia do terço pendurado, muito criativa.

Olha o cinto de cowboy, ficou super estilosa.


bota m2
Essa já ficou no estilo chiquérrima, vários pingentes com tassel, cores mais discretas, ficou poderosa.


Já tenho um vídeo ensinando a fazer um cinto para botas, mais no estilo pulseira para botas, ou cordão para botas, como preferir, o que vale mesmo a pena é a facilidade de criar uma dessas pra você arrasar no estilo.

Já estou elaborando a criação de um mais atual, desses maiores e com amarração, assim que ficar pronto já coloco o vídeo de como fazer para vocês, ok.

O modelo do passo a passo é bem simples, a nova ideia é criar vários com cores diferentes e colocar tudo junto, experimente, vai ficar show.

Assista ao vídeo:





Espero quem gostem e aproveitem a ideia!!!

Fica a dica!!!



Bjos....




sexta-feira, 24 de abril de 2015

Fofurices, cupcakes e música da Avril Lavigne, "Hello Kitty"

Tudo bem gente!!! Sei que  tô um pouco atrasada, essa música já está no ar faz um tempinho, mas só vi agora, e gostei muito do clipe fofo, com coisinhas coloridas, todo meigo, achei lindo!!!
A música até que é legal, a letra é fofa, mas o estilo é um pouco doido, sei lá, mas gostei!!!

E essa saia de cupcakes, adoroooo!!!!


Então a Avril virou a rainha do cupcake, e teve até cupcake gigante no aniversário dela.


Até as unhas estavam no clima.

O clipe foi gravado no Japão e mostra algumas coisinhas fofas da cultura deles.


Pra quem gosta de meiguices, vale a pena assistir!!!




Fica a dica...

Bjos...




quinta-feira, 23 de abril de 2015

Saúde - Todos contra a dengue, informações que precisamos saber

Olá pessoal!!! Moro no interior de São Paulo, e estou no meio de uma epidemia de dengue, assim como muitas cidades do Brasil. A dengue se alastrou de forma muita rápida, provavelmente pela escassez de água, onde muita gente estava acumulando água em casa, para evitar o desperdício, mas de forma errada, e claro que também por muitos outros fatores, a dengue se espalhou pelo nosso país.
O que fazer agora??? Não dá pra sentar e ficar esperando que as autoridades tomem providências, claro que queremos isso, mas precisamos unir forças contra essa doença e exterminá-la de vez!!!

Em busca de mais informações importantes, encontrei um site muito bom o http://www.dengue.org.br, lá você encontra tudo que precisa saber sobre o mosquito, a doença, os sintomas e mais, achei de grande utilidade.

Separei os trechos que achei mais interessantes, de acordo com as dúvidas que eu tinha:


Sintomas da doença

O tempo médio do ciclo é de 5 a 6 dias, e o intervalo entre a picada e a manifestação da doença chama-se período de incubação. É só depois desse período que os sintomas aparecem. Geralmente os sintomas se manifestam a partir do 3° dia depois da picada do mosquitos.

Dengue Clássica

 Febre alta com início súbito.
 Forte dor de cabeça.
 Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos.
 Perda do paladar e apetite.
 Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores.
 Náuseas e vômitos·
 Tonturas.
 Extremo cansaço.
 Moleza e dor no corpo.
 Muitas dores nos ossos e articulações.


 Dengue hemorrágica

Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos da dengue comum. A diferença ocorre quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alerta:
 Dores abdominais fortes e contínuas.
 Vômitos persistentes.
 Pele pálida, fria e úmida.
 Sangramento pelo nariz, boca e gengivas.
 Manchas vermelhas na pele.
 Sonolência, agitação e confusão mental.
 Sede excessiva e boca seca.
 Pulso rápido e fraco.
 Dificuldade respiratória.
 Perda de consciência.


Na dengue hemorrágica, o quadro clínico se agrava rapidamente, apresentando sinais de insuficiência circulatória e choque, podendo levar a pessoa à morte em até 24 horas. De acordo com estatísticas do Ministério da Saúde, cerca de 5% das pessoas com dengue hemorrágica morrem.
O doente pode apresentar sintomas como febre, dor de cabeça, dores pelo corpo, náuseas ou até mesmo não apresentar qualquer sintoma. O aparecimento de manchas vermelhas na pele, sangramentos (nariz, gengivas), dor abdominal intensa e contínua e vômitos persistentes podem indicar a evolução para dengue hemorrágica. Esse é um quadro grave que necessita de imediata atenção médica, pois pode ser fatal.

Sintomas
Arte G1

É importante procurar orientação médica ao surgirem os primeiros sintomas, pois as manifestações iniciais podem ser confundidas com outras doenças, como febre amarela, malária ou leptospirose e não servem para indicar o grau de gravidade da doença.

Como tratar?


Não existe tratamento específico para dengue, apenas tratamentos que aliviam os sintomas. 

Deve-se ingerir muito líquido como água, sucos, chás, soros caseiros, etc. Os sintomas podem ser tratados com dipirona ou paracetamol. Não devem ser usados medicamentos à base de ácido acetil salicílico e antiinflamatórios, como aspirina e AAS, pois podem aumentar o risco de hemorragias.

O que é Dengue Tipo 4? 


O avanço do vírus tipo 4 da dengue pelo Brasil é uma ameaça à saúde pública. Não pelo vírus em si, que não é mais nem menos perigoso que os tipos 1, 2 e 3, mas pela entrada em ação de mais uma variação do microorganismo.

Existem quatro tipos do vírus da dengue: O DEN-1, o DEN-2, o DEN-3 e o DEN-4. “Causam os mesmos sintomas. A diferença é que, cada vez que você pega um tipo do vírus, não pode mais ser infectado por ele. Ou seja, na vida, a pessoa só pode ter dengue quatro vezes”, explica o consultor de dengue da Organização Mundial da Saúde (OMS), Ivo Castelo Branco.
“Em termos de classificação, estamos falando do mesmo tipo de vírus, com quatro variações”, explica Marcelo Litvoc, infectologista do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. “Do ponto de vista clínico, são absolutamente iguais, vão gerar o mesmo quadro”, esclarece o médico.
A explicação do problema provocado pelo vírus 4 está no sistema imunológico do corpo humano. Quem já teve dengue causada por um tipo do vírus não registra um novo episódio da doença com o mesmo tipo. Ou seja, quem já teve dengue devido ao tipo 1 só pode ter novamente se ela for causada pelos tipos 2, 3 ou 4.
“Quanto mais vírus existirem, maior a probabilidade de haver uma infecção”, resume Caio Rosenthal, infectologista e consultor do programa Bem Estar, da TV Globo. Se houvesse só um tipo de vírus, ninguém poderia ter dengue duas vezes na vida.
A possibilidade da reincidência da doença é preocupante. Caso ocorra um segundo episódio da dengue, os sintomas se manifestam com mais severidade. “Existe certa sensibilização do sistema imunológico e ele dá uma resposta exacerbada”, afirma Litvoc.
Esta reação exagerada do sistema imunológico é um problema. Pode causar inflamações e, por isso, aumenta o risco de lesões nos vasos sanguíneos, o que levaria à dengue hemorrágica. Um terceiro episódio poderia ser ainda mais grave, e um quarto seria mais perigoso que o terceiro.



Sobre o mosquito

A dengue pode ser transmitida por duas espécies de mosquitos (Aëdes aegypti e Aëdes albopictus), que picam durante o dia e a noite, ao contrário do mosquito comum, que pica durante a noite. Os transmissores de dengue, principalmente o Aëdes aegypti, proliferam-se dentro ou nas proximidades de habitações (casas, apartamentos, hotéis), em recipientes onde se acumula água limpa (vasos de plantas, pneus velhos, cisternas etc.).

A transmissão


A fêmea pica a pessoa infectada, mantém o vírus na saliva e o retransmite.

A transmissão ocorre pelo ciclo homem-Aedes aegypti-homem. Após a ingestão de sangue infectado pelo inseto fêmea, transcorre na fêmea um período de incubação. Após esse período, o mosquito torna-se apto a transmitir o vírus e assim permanece durante toda a vida. Não há transmissão pelo contato de um doente ou suas secreções com uma pessoa sadia, nem fontes de água ou alimento.


Ciclo do mosquito

Mosquito da dengue Mosquito da dengue Mosquito da dengue
O ciclo do Aedes aegypti é composto por quatro fases: ovo, larva, pupa e adulto. As larvas se desenvolvem em água parada, limpa ou suja. Na fase do acasalamento, em que as fêmeas precisam de sangue para garantir o desenvolvimento dos ovos, ocorre a transmissão da doença.

O seu controle é difícil, por ser muito versátil na escolha dos criadouros onde deposita seus ovos, que são extremamente resistentes, podendo sobreviver vários meses até que a chegada de água propicia a incubação. Uma vez imersos, os ovos desenvolvem-se rapidamente em larvas, que dão origem às pupas, das quais surge o adulto.
O único modo possível de evitar a transmissão da dengue é a eliminação do mosquito transmissor. 
A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença.


Armadilha caseira contra mosquito da dengue





A prevenção(taí onde nós podemos agir)

A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

Dicas para combater o mosquito e os focos de larvas
DicasDicasDicasDicasDicas
DicasDicasDicasDicasDicas


Então pessoal, vamos declarar "GUERRA", urgente!!!!


Pela conscientização de todos, não espere que seu vizinho faça, faça por ele!!!



T+





quarta-feira, 22 de abril de 2015

Os truques de maquiagem de Kim Kardashian, make transformação

Falando sério gente!!! A moça é linda e não dá pra dizer o contrario, mas que a make da uma mãozinha na hora de se transformar em "Diva", ahhh dá!!! E é baseada nessa ideia que posso afirmar que qualquer uma pode ser diva de vez em quando né. Basta dar aquela caprichada na make e no visual e sair encantando por aí.
Olha essa make da foto, super carregada, mas maravilhosa, tudo perfeito, pele, boca olhos, contornos e tudo que se tem direito.


Mas a diva Kim já deu seus toques pra quem quer copiar e arrasar como ela, mostrando alguns de seus truques de maquiagem como iluminação da pele e "desenhos" trabalhando em cima das linhas do rosto, afinando ou dando destaque em certos pontos.


Veja a linha branca no centro do nariz e as laterais do mesmo mais escuras. Isso provoca uma super impressão de que o nariz é mais fino. E esse escurão na horizontal, um pouco inclinado na bochecha, um pouco abaixo da maça do rosto, causa um efeito de um buraco, como se o rosto fosse magro nessa região, disfarçando bem os bochechões, hehehe. Na foto da direita esses dois truques ficam em evidência e com um acabamento perfeito.

De frente da pra ver nitidamente esses truques, agora é só copiar, onde tem iluminação para destacar e onde tem sombras é pra disfarçar, parece simples né, hahaha.
Mas sempre lembrando que cada uma tem um tipo de rosto, então não dá pra copiar na integra mas dá sim pra tirar as ideias da moça.



Dá pra perceber a região da maça do rosto mais escurecida e no centro perto dos olhos, mas precisamente nas olheiras o clarão que ilumina até o olhar, lindona!!!

Depois é só caprichar no bocão e no delineador, e de repente virar uma Kim Kardashian, uiii...

Sem make, continua bonita, mas tá com cara de "normal", se é que vcs me entendem, némmm.

Básica, com bochechas salientes, me desculpe Kim, mas verdade seja dita.

Será que é a mesma, nessa foto fiquei até em dúvida.

Direita cara de diva, na esquerda, cara de uma linda dona de casa, que foi a feira comprar alface, e ligou pro marido pra perguntar que horas ele chega pra jantar, affff. Tá parecendo eu, aiaiai.


Aqui a mudança é brusca, acho que esse foto já deve ter alguns anos de idade, a evolução aconteceu de fato, hein gente.


Então fica a dica, pra quem quer se tornar uma musa da make, é só tomar aulas com Kim Kardashian e não perder as esperanças nunca.


Mil bjosss da Tat....



terça-feira, 21 de abril de 2015

Friends, como estão hoje em dia os atores desse seriado que foi sucesso total

Esse seriado vai ficar mesmo pra história, não sou de assistir muitoooos, mais dos que assisto esse é o melhor, aquele que a gente assisti a mesma temporada mais de 10 vezes e continua amando e querendo mais. Só é uma pena mesmo não ter continuado. Vai deixar saudades!!!


E de repente bateu aquela curiosidade pra saber como os atores estão atualmente,  a Jennifer Aniston está sempre dando as caras por aí, mas pelo menos eu não tenho visto muito os outros atores. 



Courteney Cox - Monica


Jennifer Aniston - Rachel


Lisa Kudrow - Phoebe


 Matthew Perry - Chandler


Matt LeBlanc - Joey


David Schwimmer - Ross



Gente!!! Achei também essa foto deles na adolescência, olha que legal!!!


Então pra dar aquela relembrada vai aí algumas fotos dos amigos na série.










Super legal né!!!


Bjos....




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...